Sobre PRP
  • Plasma Rico em Plaquetas (PRP) autólogo

Substância autóloga (do próprio paciente) com propriedade adesiva, contendo altas concentrações de plaquetas ativas, leucócitos e fatores de crescimento polipeptídios, os quais atuam diretamente nos processos de reconstituição tecidual e cicatrização.As plaquetas separadas podem ser utilizadas para a criação de gel de plaquetas, um adesivo biológico contendo fatores de crescimento que é útil no tratamento de feridas crônicas, na cirurgia vascular e cardíaca, na cirurgia ortopédica, na cirurgia bucomaxilofacial, na cirurgia plástica, na cirurgia oftálmica, na otorrinolaringologia, na neurocirurgia, no tratamento de queimados, etc. O gel é preparado no momento da cirurgia a partir do próprio sangue do paciente. Ele utiliza o fibrinogênio do sangue para produzir suas características adesivas. Também contém uma alta concentração de plaquetas e leucócitos além de fibrina. Estas plaquetas liberam fatores de crescimento que podem acelerar a cicatrização dos ferimentos. O gel de plaquetas é feito pela adição de trombina (autóloga) ao plasma rico em plaquetas.

Devido sua propriedade altamente adesiva, o PRP autólogo pode ser utilizado na forma de gel para cobertura primária e secundária, funcionando como um “curativo inteligente”. O termo curativo engloba procedimentos que vão da remoção da cobertura anterior, limpeza, remoção de fragmentos e colocação de nova cobertura.
O PRP autólogo atua como um recurso disponível para auxiliar nos processos de reparação tecidual e cicatrização, estendendo sua aplicação na condição de curativo para tratamento de feridas.
Além de atuar como cobertura selante, o PRP e o gel de plaquetas age também como agente hemostático, reduzindo potencialmente a formação de hematomas e/ou seromas, reduzindo o risco de infecções e acelerando o processo de cicatrização.
Portanto, o PRP gel atua como suporte biológico para o crescimento celular interno, além de limitar o quadro inflamatório natural com conseqüente redução da dor no pós-operatório.

 

  • Resumo das Plaquetas  

Plaquetas constituem um fator crítico no processo de hemostasia assim como no processo de cicatrização. Elas contêm em seus grânulos alfa os fatores de crescimento tais como o PDGF, o TGF-α e β, o ILGF-I, o FGF, o EGF e o VEGF. Este fenômeno forma a base para a terapia que utiliza o gel de plaquetas.

 

  • Fatores de Crescimento Tecidual

Quando as plaquetas são ativadas após aderirem ao tampão de plaquetas em crescimento, começam a liberar outros fatores além dos fatores de coagulação. Os produtos bioquímicos liberados no segundo grupo são chamados de fatores de crescimento tecidual. Fatores de crescimento tecidual são secretados por plaquetas ativadas, e outras células, tais como macrófagos, fibroblastos, e células endoteliais, todas envolvidas no processo de coagulação e de cicatrização do tecido.
Essa liberação de fatores de crescimento é quimiotática para os monócitos (células tronco medulares) e também produzem uma migração adicional de leucócitos para uma área de inflamação em resposta à liberação de mediadores químicos por neutrófilos, monócitos e tecidos danificados. A presença destas células recém-migradas também cria um componente antimicrobiano no local do ferimento. Os fatores de crescimento e as células continuam a trabalhar juntos promovendo a multiplicação dos monócitos, bem como sua diferenciação em células necessárias para reparar o local do ferimento. Além de mediar a reparação dos tecidos moles, alguns destes fatores de crescimento têm aplicações na reparação e regeneração do tecido ósseo.

 

  • Benefícios promovidos pelo PRP autólogo 

O PRP afeta diretamente o resultado pós-operatório dos pacientes, pois está totalmente relacionado à regeneração tecidual, promovendo acelerado processo de cicatrização, o que reflete significantemente em maiores taxas de recuperação hospitalar.           Outro benefício é o impacto direto no custo total da cirurgia, conseqüente ao menor tempo de internação.A boa qualidade estética da cicatriz e o pós-operatório menos desconfortável promovem um grande aumento da qualidade de vida dos pacientes, além de garantir a satisfação diante dos procedimentos realizados, contribuindo para melhora da auto-estima.